Google+ Followers

terça-feira, 26 de fevereiro de 2013

atividade para 6º ano


                                            Atividade de Lingua Portuguesa

1.     No texto a seguir, temos um diálogo.

Eu puculo, tu puculas, ele pucula

        O chefe liga para a casa do funcionário, atende a criança.
        _ Alô.
        _ O papai está?
        _ Tá.
        _ Posso falar com ele?
        _ Não.
        _ E a mamãe?
        _ Tá ocupada.
        _ Tem mais alguém aí?
        _ A puliça e o bombelo.
        _ Que barulho é esse?
        _ É o licópito.
        _ Helicóptero!?  O que está acontecendo aí?
        _ Eles estão me puculando.

Almanaque Brasil de Cultura Popular. São Paulo: Andreato Comunicação e Cultura, n. 54, set. 2003. p. 34.

a.     Quem são os interlocutores?
b.     Que sinal de pontuação marca a  mudança dos interlocutores no diálogo?
c.     O texto foi escrito no nível formal ou informal? Justifique sua resposta com uma frase do texto.
d.     A que classe pertencem as palavras que dão título à narrativa?
e.     Em que consiste o humor do texto?

2.     Leia:
O caipira telespectador
        O caipira estava tranqüilo, deitado na sala, fumando o seu sagrado cigarrinho de palha e assistido à televisão, quando o seu “cumpadre” passa e acena pela janela:
        _ Bom dia, Zé... Tudo firme?
        Ele vira para o amigo e diz:
        _ Não, cumpadre... Por enquanto é tudo futebor...
                                                                                                         Anedota popular

a.     Em que sentido o “cumpadre” empregou a palavra firme?
b.     Que sentido o caipira atribuiu à palavra firme?
c.     Por que o caipira atribuiu à palavra firme sentido diverso daquele empregado pelo seu “cumpadre”? Baseando-se exclusivamente no texto, justifique sua resposta.
d.     Em que consiste o humor da anedota?

3.     Leia o texto:

        Saudade
Releio seu bilhete
Beijo sua foto
E ando assim sozinho
Um jeito meio perdido
E meio tonto
De quem vai encontrar
Você ali,
Naquela rua que nem percebi
Que já passei.
                    TAVARES, Ulisses. Viva a poesia viva. São Paulo: Saraiva, 1997. p. 32.

a.     Quem é o eu lírico presente no poema? Justifique sua resposta citando como exemplo uma palavra do texto.
b.     Substitua a palavra jeitoaparência e reescreva o poema. Faça as alterações necessárias.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Observação: somente um membro deste blog pode postar um comentário.