Google+ Followers

quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Exercício sobre verbos



Texto:     Como se conjuga um empresário

Acordou. Levantou-se. Aprontou-se. Lavou-se. Barbeou-se. Enxugou-se. Perfumou-se. Lanchou. Escovou. Abraçou. Beijou. Saiu. Entrou. Cumprimentou. Orientou. Controlou. Advertiu. Chegou. Desceu. Subiu. Entrou. Cumprimentou. Assentou-se. Preparou-se. Examinou. Leu. Convocou. Leu. Comentou. Interrompeu. Leu. Despachou. Conferiu. Vendeu. Vendeu. Ganhou. Ganhou. Ganhou. Lucrou. Lucrou. Lucrou. Lesou. Explorou. Escondeu. Burlou. Safou-se. Comprou. Vendeu. Assinou. Sacou. Depositou. Depositou. Depositou. Associou-se. Vendeu-se. Entregou. Sacou. Depositou. Despachou. Repreendeu. Suspendeu. Demitiu. Negou. Explorou. Desconfiou. Vigiou. Ordenou. Telefonou. Despachou. Esperou. Chegou. Vendeu. Lucrou. Lesou. Demitiu.  Convocou. Elogiou. Beijou. Convidou. Saiu. Chegou. Abraçou. Deitou-se. Mexeu. Virou-se. Relaxou-se. Presenteou. Saiu. Despiu-se. Dirigiu-se. Chegou. Beijou. Justificou-se. Dormiu. Roncou. Sonhou. Sobressaltou-se. Acordou. Preocupou-se. Temeu. Suou. Ansiou. Tentou. Despertou. Insistiu. Irritou-se. Temeu. Levantou. Apanhou. Rasgou. Engoliu. Bebeu. Rasgou. Engoliu. Bebeu. Dormiu. Dormiu. Dormiu. Acordou. Levantou-se. Aprontou-se...
                                                                                                            (Texto adaptado)
a) O que é mostrado na narrativa “Como se conjuga um empresário”?
b) Quem pratica a sequência de ações expressas pelos verbos que compõem o texto?
c) O que significam as repetições “Vendeu. Vendeu. Ganhou. Ganhou. Ganhou. Lucrou. Lucrou. Lucrou”, “Depositou. Depositou. Depositou.” e “Dormiu. Dormiu. Dormiu.”?
d) Observando a sequência de verbos, divida o texto em partes, utilizando como critério os espaços em que se efetuam as ações.
e) A ausência de complementos para verbos considerados transitivos pelo dicionário, como ‘cumprimentar’, ‘orientar’. ‘controlar’ e ‘advertir’, para citar apenas alguns exemplos do texto, não compromete o sentido do texto. Por quê?

Nenhum comentário:

Postar um comentário