Google+ Followers

sábado, 6 de abril de 2013

Avaliação de Língua Portuguesa 6ª série


Escola Dr. Jaime Monteiro       Ensino Fundamental  -  6ºsérie     Professora Márcia Oliveira da Silva

                             Leia o texto abaixo para responder as questões 1 e 6:


PROCURA-SE COLIBRIS E BEIJA-FLORES

        Os beija-flores ou colibris estão entre as menores aves do mundo e são as únicas capazes de ficar voando no mesmo lugar, como um helicóptero, ou de voar para trás. Para isso, porém, as suas pequenas asas precisam movimentar-se muito depressa, o que gasta muita energia. Assim, eles precisam se alimentar bastante, e algumas espécies podem comer em um único dia até oito vezes o seu próprio peso. Uau!
        O Balança-Rabo-Canela é um beija-flor pequeno que pesa apenas nove gramas e só existe no Brasil. Ele tem as costas esverdeadas e a parte de baixo do corpo na cor canela, com um tom mais escuro na garganta. As penas da cauda, por sua vez, são de cor bronze e têm as pontas brancas. A ave possui ainda uma fina listra branca em cima e embaixo dos olhos.
        Assim como os outros beija-flores, o Balança-Rabo-Canela geralmente se alimenta de pequenos insetos, aranha e néctar, um líquido doce produzido pelas flores. Para sugá-lo, essas aves têm uma língua com ponta dupla, que forma dois pequenos canudos.
       É comum os beija-flores ficarem com os grãos de pólen das flores grudados nas penas e no bico depois de sugarem o néctar. Assim, acabam levando-os de uma flor a outra, à medida que seguem seu caminho. Como as flores precisam do pólen para produzir sementes, os beija-flores, sem querer, ajudam-nas ao fazer esse transporte e acabam beneficiados também, afinal, o néctar das flores é um dos seus alimentos.
       Os beija-flores enxergam muito bem, e muitas flores possuem cores fortes, como vermelho ou laranja, para atraírem a sua atenção. Embora muito pequenas, essas aves são muito valentes e sabem defender seus recursos, como as flores que utilizam para se alimentar. Assim, alguns machos podem até expulsar as fêmeas da sua própria espécie caso elas cheguem perto da comida.  Na luta pela sobrevivência parece não haver espaço para gentileza, machos e fêmeas geralmente se juntam apenas na época da reprodução.
       O Balança-Rabo-Canela coloca seus ovos de setembro a fevereiro e choca-os durante 15 dias. A fêmea é quem constrói o ninho e também cuida dos filhotes por quase um mês após o nascimento para que eles consigam sobreviver sozinhos.
       O pequeno Balança-Rabo-Canela está ameaçado de extinção por conta da destruição do ambiente onde vive, ou seja, do seu habitat. As matas, que servem de lar para essa ave, estão sendo destruídas de maneira acelerada para a criação de animais, o cultivo de alimentos, a instalação de indústrias e pelo crescimento das cidades. Portanto, precisamos preservá-las para que esse belo beija-flor não desapareça para sempre.

Fonseca, Lorena c.n; Alves, Maria Alice. Procura-se! Ciência hoje para crianças, Rio de Janeiro, n.159, jul. 2005.

01. O Balança-Rabo-Canela é um beija-flor que:
(A) pesa apenas nove gramas.                                                                                                      
(B) põe ovos o ano inteiro.
(C) possui uma lista branca nas asas.                                                                                                       
(D) tem as costas cor de bronze.

02.  Em “assim, acabam levando-os de uma flor a outra, à medida que seguem seu caminho”, o termo destacado refere-se a:
(A) brotos em geral.                                                                                                                             
(B) colibris pequenos.
(C) grãos de pólen.                                                                                                                        
(D) insetos comestíveis.

03. O Balança-Rabo-Canela, depois de sugar o néctar:
(A) alimenta-se de insetos variados.
(B) auxilia as fêmeas na criação dos filhotes.
(C) contribui para a reprodução das flores.
(D) cuida dos filhotes por quase um mês.

04. Os beija-flores estão ameaçado de extinção por que:
(A) comem até oito vezes o seu próprio peso.
(B) o ambiente em que eles vivem está sendo destruído.
(C) gastam muita energia para voar.
(D) têm de lutar constantemente por seus recursos.

05. A questão central tratada no texto é:
(A) a preservação dos beija-flores.                                                                                                      
(B) a reprodução de animais silvestres
(C) o crescimento das cidades.                                                                                                                  
(D) o hábito alimentar das aves. 

06. O texto “procura-se!”:
(A) informa sobre o perigo de extinção dos beija-flores chamados de “Balança-Rabo- Canela”.
(B) inventa algumas características sobre os beija-flores chamados de “Balança-Rabo-Canela”.
(C) traz um relato de experiência científica com os beija-flores chamados de “Balança-Rabo-Canela”.
(D) anuncia que alguém está procurando beija-flores chamados de “balança-rabo-canela” para comprar.

Leia o texto abaixo.
                                  Feijoada

Nasceu nas senzalas que abrigavam os escravos no Rio de Janeiro no final do século XIX. Quando os nobres matavam um porco, os restos indesejados – pés, orelhas, rabo e tripas – eram dados aos escravos. Eles misturavam tudo isso ao feijão durante o cozimento e colocavam farinha assada por cima antes de comer.
                     
                                                                                          DUARTE, Marcelo. O guia dos curiosos. Companhia das Letras.

07. A finalidade desse texto é
(A) informar sobre a origem da feijoada.
(B) convidar para uma feijoada.
(C) divulgar uma feijoada
(D) ensinar a fazer uma feijoada

08.  Qual é o gênero desse texto?
(A) uma fábula
(B) uma curiosidade
(C) um conto
(D) uma receita de feijoada

09. No trecho “Eles misturavam tudo isso ao feijão...” As palavras destacadas referem-se respectivamente a(aos):
(A) nobres e escravos
(B) nobres e restos indesejados
(C) escravos e restos indesejados
(D) restos indesejados e feijoada

Analise o rótulo do Nescau


10. O rótulo do chocolate em pó Nescau procura reforçar o valor nutricional do produto em questão utilizando a palavra ENERGIA. Que recurso utilizado no rótulo está melhor relacionado à palavra energia?
(A) A imagem do raio.
(B) A informação nutricional.
(C) O logotipo da Nestlé.
(D) O quadro com uma dica Nescau.

 Conto de todas as cores

     
Eu já escrevi um conto azul, vários até. Mas este é um conto de todas as cores. Porque era uma vez um menino azul, uma menina verde, um negrinho dourado e um cachorro com todos os tons e entretons do arco-íris.
      Até que apareceu uma Comissão de Doutores – os quais, por mais que esfregassem os nossos quatro amigos, viram que não adiantava. E perguntaram se aquilo era de nascença ou se...
— Mas nós não nascemos – interrompeu o cachorro. – Nós fomos inventados!

QUINTANA, Mário. A vaca e o hipogrifo. 3 ed. Porto Alegre, L&P, 1979.

11. Nesse texto, o narrador é um
(A) doutor
(B) cachorro
(C) escritor
(D) menino

12. No trecho” . E perguntaram se aquilo era de nascença ou se...” A reticência foi usada com o sentido de expressar:
(A) ideia de tempo
(B) realce da palavra
(C) a fala do narrador
(D) interrupção do pensamento

Analise a tirinha abaixo




13. No 1º quadrinho, Mônica utiliza a palavra AGORA para indicar uma circunstância de:
(A) modo
(B) lugar
(C) tempo.
(D) dúvida

Esta é uma publicidade de combate à dengue

14. O texto acima sugere que as pessoas:
a(   ) combatam a infestação da dengue o tempo todo.
b(   ) devem eliminar água parada de suas casas.
c(   ) precisam se movimentar para cuidar do corpo.
d(   ) se preocupem com a proliferação do mosquito.

Vou mandar um recadinho
A menina mais bonita
Que tem trança comprida
Amarrada com uma fita.

15. Antônimo de bonita é:
(A) linda.
(B) feia.
(C) inteligente.
(D) esperta.

16. Antônimo de comprida é:
(A) curta.
(B) grande.
(C) longa.
(D) alta

Seja Criativo: Fuja Das Desculpas Manjadas

     Entrevista com teens, pais e psicólogos mostram que os adolescentes dizem sempre a mesma coisa quando voltam tarde de uma festa. Conheça seis desculpas entre as mais usadas. Uma sugestão: evite-as. Os pais não acreditam.
     - Nós tivemos que ajudar uma senhora que estava passando muito mal. Até o socorro chegar... A gente não podia deixar a pobre velhinha sozinha, não é?
     - O pai do amigo que ia me trazer bateu o carro. Mas não se preocupem ninguém se machucou!
     - Cheguei um minuto depois do ônibus ter partido. Aí tive de ficar horas esperando uma carona...
     - Você acredita que o meu relógio parou e eu nem percebi?
     - Mas vocês disseram que hoje eu podia chegar tarde, não se lembram?
     - Eu tentei avisar que ia me atrasar, mas o telefone daqui só dava ocupado!

17. De acordo com o texto, os pais não acreditam em:
a) (   ) adolescentes.              b) (    ) psicólogos.
c) (   ) pesquisas.                   d) (    ) desculpas

18. Como chama-se o recurso gráfico que marca o diálogo nos textos?______________________

19. No trecho “     - O pai do amigo que ia me trazer bateu o carro. Mas não se preocupem ninguém se machucou! Que ideia expressa a conjunção destacada?
(A) escolha
(B) oposição
(C) conclusão
(D) explicação

20. ...Aí tive de ficar horas esperando uma carona... A palavrapoderia ser facilmente substituída por:
(A) finalmente
(B) talvez
(C) porque
(D) então

O SAPO
Era uma vez um lindo príncipe por quem todas as moças se apaixonavam. Por ele também se apaixonou a bruxa horrenda que o pediu em casamento. O príncipe nem ligou e a bruxa ficou muito brava. “Se não vai casar comigo não vai se casar com ninguém mais!” Olhou fundo nos olhos dele e disse: “Você vai virar um sapo!” Ao ouvir esta palavra o príncipe sentiu estremeção. Teve medo. Acreditou. E ele virou aquilo que a palavra feitiço tinha dito. Sapo. Virou um sapo.
                  (ALVES, Rubem. A alegria de ensinar. Ars Poética, 1994.)
21. No trecho “O príncipe NEM LIGOU e a bruxa ficou muito brava.”, a expressão destacada significa que:
a) ( ) não deu atenção ao pedido de casamento.
b) ( ) não entendeu o pedido de casamento.
c) ( ) não respondeu à bruxa.
d) ( ) não acreditou na bruxa.

22. No trecho “Se não vai casar comigo não vai se casar com ninguém mais!”. A palavra SE expressa:
a(  ) dúvida
b(  ) condição
c(  ) afirmação
d(  ) comparação










Nenhum comentário:

Postar um comentário