Google+ Followers

terça-feira, 19 de fevereiro de 2013

A Gíria



Gíria
Definição - A gíria é uma linguagem de caráter popular, criada e usada por determinados grupos sociais ou profissionais. São criadas para substituir termos ou conceitos oficiais (usados tradicionalmente).
As gírias são próprias de uma determinada época e, muitas vezes, deixam de existir quando caem em desuso. Muitas gírias são tão utilizadas por grande parte da população de um país que acabam sendo incorporadas pelo vocabulário oficial, fazendo parte dos dicionários.
De certa forma, todos os grupos sociais possuem uma certa quantidade de palavras ou expressões que usam em seu ambiente. Estas são chamadas de gírias de grupos. Possuem gírias próprias os estudantes, advogados, jogadores de futebol, médicos, policiais, vendedores entre outros. Muitas gírias são criadas pelos jovens e adolescentes, em função da necessidade de buscar palavras e conceitos novos.
Exemplos de gírias muito usadas pela população:

- Gata ou gato = mulher bonita, homem bonito
- Baranga = mulher feia
- Coroa = pessoa idosa
- Corno = pessoa traída
- Magrela = bicicleta
- Abrir o jogo = contar a verdade
- Arrancar os cabelos = ficar desesperado
- Baixar a bola = ficar calmo
- Catinga = fedor
- Cabeça-dura = pessoa teimosa
- Com o pé na cova = próximo da morte
- Dar o troco = fazer vingança
- Pagar o mico = passar vergonha

Gíria, também chamada calão em português europeu, é um fenômeno de linguagem especial usada por certos grupos sociais pertencentes a uma classe ou a uma profissão em que se usa uma palavra não convencional para designar outras palavras formais da língua com intuito de fazer segredo, humor ou distinguir o grupo dos demais criando uma linguagem própria (jargão).
É empregada por jovens e adultos de diferentes classes sociais, e observa-se que seu uso cresce entre os meios de comunicação de massa. Trata-se de um fenômeno sociolingüístico cujo estudo pode ser feito sob duas perspectivas: gíria de grupo e gíria comum.
A gíria nos meios de comunicação
Os meios de comunicação de massa têm influência cada vez maior sobre os fenômenos da linguagem. Ao utilizarem as gírias em seus programas e reportagens, contribuem para a difusão destes termos por todas as camadas sociais. A cultura de massa precisa uniformizar a produção, então busca elaborar seus programas e textos de forma a atingir um receptor padrão que pode ser culto ou inculto. Surge a norma lingüística da mídia, que mistura hábitos orais e escritos numa linguagem compreensível por todos. Embora seja encontrada também nos jornais de maior prestígio, a gíria é amplamente usada pelo jornalismo popular. Estes termos são usados pela imprensa para aproximar o texto da linguagem oral, buscando a quebra da formalidade e a aproximação com o leitor. Alguns termos têm seu uso tão difundido que o leitor nem percebe que é uma gíria.
Neologismos e Gírias
A língua está sempre se modificando: palavras novas, das mais diversas origens, são incorporadas ao idioma e logo absorvidas pelos falantes, que passam a utilizá-las no seu processo diário de comunicação. Simultaneamente, o avanço tecnológico, os modismos, as invenções exigem a criação de novas palavras. Às vezes, palavras antigas podem ganhar uma nova significação, um novo sentido. Surgem, assim, os neologismos.
Os neologismos podem ser criados a partir de palavras da própria língua do país (como as palavras "presidenciável" e "carreata", por exemplo) ou a partir de palavras estrangeiras ( "roqueiro" e "deletar", por exemplo).  No processo de criação de palavras novas, merecem destaque as gírias, que surgem num determinado grupo social e, por sua expressividade, acabam sendo incorporadas `a linguagem coloquial de outras camadas sociais.
A gíria é um fenômeno de linguagem especial que consiste no uso de uma palavra não convencional para designar outras palavras formais da língua. Pode ser empregada no intuito de fazer segredo, humor ou distinguir o grupo que a adota dos demais, muitas vezes  criando um jargão próprio. Assim,  como uma expressão idiomática, é uma palavra que se caracteriza por não permitir a identificação do seu significado através de seu sentido literal. Por essa razão, também não é possível traduzi-la para outra língua de modo literal. As gírias geralmente se originam de acordo com a cultura e peculiaridades de cada região.
É importante observar  que a gíria é uma linguagem de uso passageiro: ao entrar em desuso,  a mensagem pode se tornar incompreensível. Portanto, ao escrevermos um texto informativo, devemos evitá-las. As gírias podem comprometer a clareza, bem como a permanência do texto escrito, gerando complicações. 
                                   Oficina: O uso da gíria
1. Pesquise em seu bairro, com familiares ou grupos de amigos as gírias que estão na moda e faça uma coletânea.
2. Pesquise, entrevistando pessoas mais velhas para anotar gírias antigas.
3. Responda ao que se pede:
·                    O que são gírias? Por que elas são usadas em diálogos?
·                    Você acha importante o uso das gírias em nosso cotidiano? Por quê?
·                    Você acha adequado que crianças usem gírias? Por quê?
·                    Seus pais usam gírias? O que eles pensam sobre o uso delas?
·                    Você usa gírias no seu dia-a-dia? Por quê?
·                    Por que os adolescentes usam gírias para se comunicar? Os seus pais compreendem o sentido delas?
·                    Será que na época em que seus pais eram adolescentes existiam gírias?Você conhece alguma?
·                    Você acha que em uma determinada idade todo adolescente vai usar gírias? Comente.
·                    Nos dias de hoje as gírias são muito usadas. Quais as que você conhece? Quais as que você acha mais esquisitas?
·                     Por que todos os jovens falam gírias? O que seus pais acham disso?
·                    O que as gírias provocam na vida das pessoas?
·                    As gírias são mais usadas dependendo da classe social? Explique.
·                    Você acha que as gírias são mais usadas nos dias de hoje do que eram no passado? Explique.
·                    As gírias influenciam as pessoas na conquista de trabalho? Que tipo de linguagem você acha mais adequada para ocasiões com essa?
·                    As gírias influenciam seu modo de vida, você as usa no seu vocabulário? Comente.

Material gentilmete cedido pela professora Tatiana Petúlia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário