Google+ Followers

domingo, 19 de maio de 2013

O sapo e a panela

Certa vez um cientista decidiu fazer uma experiência com a capacidade térmica dos sapos. Ele pegou duas panelas, uma com água fervente e outra com água fria. Colocou as duas no fogo e jogou um sapo em cada uma. Na primeira, com água fervente, o sapo pulou desesperadamente para fora, numa resposta imediata ao seu sistema de defesa. Na segunda panela, o sapo continuou dentro. Sem se dar conta de que a água estava esquentando gradativamente, nem se mexeu. Não sentindo as mudanças à sua volta, pois seu organismo não responde a alterações lentas de temperatura, acabou cozido.

Muitas vezes não refletimos em como está nossa vida, em que ela poderia mudar, aonde poderíamos chegar. Nos conformamos com nossa zona de conforto e só tomamos uma atitude quando somos pegos de surpresa.

"Os tolos morrem porque rejeitam a sabedoria; os que não têm juízo são destruídos por estarem satisfeitos consigo mesmos". (Provérbios 1:32)

Nenhum comentário:

Postar um comentário