Google+ Followers

domingo, 24 de março de 2013

Como surgiu o cartum


Durante os século XVII e XVIII, alguns ingleses desenharam e venderam caricaturas, desenhos nos quais o desenhista deforma ou exagera as principais características daquilo que está sendo reproduzido.

Foi então que Honoré Daumier, um artista francês, começou a fazer cartuns. Ele trabalhou durante muitos anos fazendo desenhos para jornais e revistas da França. Depois de todo esse empenho, ele acabou sendo considerado o "pai do cartum moderno".

A história do cartum tem uma data muito importante: 1841. Nesse ano uma revista inglesa chamada Punch começou a publicar cartuns com regularidade. As pessoas gostaram e a idéia seguiu adiante. Os cartuns começaram, então, a aparecer também em jornais, comentando e criticando os acontecimentos com muita rapidez. Entre 1930 e 1940 foi a vez dos quadrinhos, que começaram a ficar cada vez mais conhecidos e queridos no mundo todo.

Aqui no Brasil, o cartum tornou-se muito popular. Um elemento que contribuiu muito para isso foi a revista Pererê, de Ziraldo, que abordava problemas políticos e sociais de nosso país. Mas ele não foi o único, não. Antes e depois de Ziraldo muitos desenhistas criaram cartuns para comentar situações e nos fazer rir.

Então, aproveite essa grande idéia e dê umas boas risadas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário